COMPARTILHE

Lista de alguns dos grandes filmes existenciais, belíssimos, delicados, intensos, profundos e reflexivos. Pensar no valor da vida, na escala social que diferencia pela posição de classe, status. Quem é cada um em seu mundo particular, na beleza de sua singularidade, surpreendente em assinar com diferença a vida, o cotidiano, ou a repetição do ser moldado

Para os acostumados com o padrão hollywoodiano de fazer filmes, será no mínimo estranho conferir pela primeira vez alguns dos filmes abaixo.

As Virgens Suicidas

Gênero: Drama
Duração: 97 min.
Origem: Estados Unidos
Estreia: 12/05/2000
Direção: Sofia Coppola
Roteiro: Jeffrey Eugenides, Sofia Coppola
Distribuidora: Paramount Pictures
Censura: 14 Anos
Ano: 1999

Sinopse: Durante a década de 70, o filme enfoca os Lisbon, uma família saudável e próspera que vive num bairro de classe média de Michigan. O sr. Lisbon (James Woods) um professor de matemática e sua esposa uma rigorosa religiosa, mãe de cinco atraentes adolescentes, que atraem a atenção dos rapazes da região. Porém, quando Cecília (Hanna R. Hall), de apenas 13 anos, comete suicídio, as relações familiares se decompõem rumo a um crescente isolamento e superproteção das demais filhas, que não podem mais ter qualquer tipo de interação social com rapazes. Mas a proibição apenas atiça ainda mais as garotas a arranjarem meios de burlar as rígidas regras de sua mãe.

Para sempre Lilya

Diretor: Lukas Moodysson
Produção: Lars Jönsson
Roteiro: Lukas Moodysson
Duração: 109 min.
Ano: 2002
País: Suécia/ Dinamarca
Gênero: Drama

Sinopse: Lilya (Oksana Akinshina) tem 16 anos e vive em um subúrbio pobre, em algum lugar da antiga União Soviética. Sua mãe mudou-se para os Estados Unidos, com seu novo marido, e Lilya espera que ela lhe envie algum dinheiro. Após algum tempo sem receber notícias nem qualquer quantia dela, Lilya é obrigada a se mudar para um pequeno apartamento, que não possui luz nem aquecimento.

Desesperada, ela recebe o apoio de Volodya (Artyom Bogucharsky), um garoto de apenas 11 anos que de vez em quando dorme no sofá de Lilya. A situação muda quando Lilya se apaixona por Andrei (Pavel Ponomaryov), que a convida para iniciar uma nova vida na Suécia. Apesar da desconfiança de Volodya, Lilya aceita o convite e viaja com Andrei. Mas a história que se conta é a de uma adolescente que se vê abandonada pela família e pelos amigos, e que, devido a uma sequência de traições e de desilusões, cambaleia continuamente no caminho da felicidade. Para Lilya, a felicidade é fora dali, noutro lugar, noutro país. Se ali é o Inferno, sair dali só pode ser o Paraíso. Mas o Inferno pode ser em qualquer parte e isso cedo deixará de constituir uma surpresa, já que o filme arranca com a protagonista a correr pelas ruas, desesperada e visivelmente maltratada fisicamente, antes de partir para um flashback que nos vai apresentar o seu percurso até ali.

O filme mostra quem vive sentindo as dificuldades na pele, no dia-a-dia e pelos cidadãos ou poder político dos países economicamente estáveis, para os quais o problema se traduz em números (qual a capacidade de absorção e de integração no tecido social, etc.).

Réquiem para um Sonho

Direção: Darren Aronofsky
Duração: 102 minutos
Gênero: Drama
Origem: Estados Unidos da América
Ano: 2000

Sinopse: Uma visão frenética, perturbada e única sobre pessoas que vivem em desespero e ao mesmo tempo cheio de sonhos. Harry Goldfarb (Jared Leto) e Marion Silver (Jennifer Connelly) formam um casal apaixonado, que tem como sonho montar um pequeno negócio e viverem felizes para sempre. Porém, ambos são viciados em heroína, o que faz com que repetidamente Harry penhore a televisão de sua mãe (Ellen Burstyn), para conseguir dinheiro.

Já Sara, mãe de Harry, viciada em assistir programas de TV. Até que um dia recebe um convite para participar do seu show favorito, o “Tappy Tibbons Show”, que transmitido para todo o país. Para poder vestir seu vestido predileto, Sara começa a tomar pílulas de emagrecimento, receitadas por seu médico. Só que, aos poucos, Sara começa a tomar cada vez mais pílulas até se tornar uma viciada neste medicamento.

Luz de Inverno

Direção: Ingmar Bergman
Roteiro: Ingmar Bergman
Gênero: Drama
Origem: Suécia
Duração: 81 minutos
Tipo: Longa-metragem
Ano: 1963

Sinopse: Um dos representantes da importante Trilogia do Silêncio de Bergman, conheça a história do pescador que vai buscar ajuda de um pastor quando descobre que a China tem uma bomba atômica e pretende usá-la. Só que o pastor, também temendo a crise nuclear, passa por uma séria crise de fé e teme não poder ajudá-lo.

O Substituto

Diretor: Tony Kaye
Produção: Bingo Gubelmann, Benji Kohn, Carl Lund, Chris Papavasiliou, Greg Shapiro, Austin Stark
Roteiro: Carl Lund
Trilha Sonora: The Newton Brothers
Ano: 2011
País: EUA
Gênero: Drama

Sinopse: Henry Barthes é um professor brilhante com um verdadeiro talento para se conectar com seus alunos. Em outro mundo, ele seria um herói para sua comunidade. Mas, assombrado por um passado conturbado, ele escolhe ser professor substituto – nunca na mesma escola por mais que algumas semanas, nunca permanecendo tempo suficiente para formar qualquer relação com os alunos ou colegas. Uma profissão perfeita para alguém que busca se esconder ao ar livre. Quando uma nova missão o coloca numa decante escola pública, o isolado mundo de Henry é exposto por três mulheres que mudam a sua visão sobre a vida: uma estudante, uma professora e uma adolescente fugitiva.

Trinta Anos Essa Noite

Título Original: Le feu follet
País de Origem: França
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 110 minutos
Ano de Lançamento: 1963
Direção: Louis Malle

Sinopse: São as últimas 48 horas de um homem totalmente perdido. Alain acaba de sair de um hospital onde fazia um tratamento para desintoxicação alcoólica. Sua amante e amiga de sua ex-mulher – que o abandonou – deseja ajudá-lo. Alain volta a Paris e, através dos bares e de velhos amigos, começa uma espécie de busca de si mesmo na reconstituição do passado. Ao final dessa peregrinação, Alain vai se preparar para a grande partida. Considerado por muitos como a obra prima do cineasta Louis Malle.

Na Natureza Selvagem

Diretor: Sean Penn
Roteiro: Jon Krakauer, Sean Penn
Duração: 140 min.
Ano: 2007
País: EUA
Gênero: Drama

Sinopse: Após concluir seu curso na Emory University, o brilhante aluno e atleta Christopher McCandless (Emile Hirsch) abre mão de tudo o que tem e de sua carreira promissora. O jovem doa todas as suas economias – cerca de US$ 24 mil – para caridade, coloca uma mochila nas costas e parte para o Alasca a fim de viver uma verdadeira aventura. Ao longo do caminho, Christopher depara-se com uma série de personagens que irão mudar sua vida para sempre.

Orações Para Bobby

Gênero: Biografia, Drama
Origem: Estados Unidos
Direção: Russell Mulcahy
Roteiro: Katie Ford, Leroy Aarons
Ano: 2009

Sinopse: Mary (Sigourney Weaver) é uma religiosa que segue à risca todas as palavras da bíblia. Quando seu filho Bobby (Ryan Kelley) revela ser gay, ela imediatamente leva o filho para terapias e cultos religiosos com o intuito de “curá-lo”. Este é um filme baseado na história verídica de um jovem homossexual, que aos 20 anos suicida-se.

A sua mãe, “Mary Griffith”, interpretada por Sigourney Weaver, a senhora dos ELIEN, sabedora da sexualidade do filho acredita “curar” o filho com base na religião e terapias, para quatro anos depois (1979) Bobby lançar-se de uma ponte. Um filme intenso, dramático, e que espelha ainda hoje a realidade de muitos jovens no mundo. Originalmente feito para TV sendo exibido na noite que antecedia o Oscar, o filme é um dos fortes concorrentes aos prêmios de filmes para televisão. O filme conta com uma boa nota no IMDB.

As Horas

Dirigido por: Stephen Daldry
Gênero: Drama , Romance
Nacionalidade: Reino Unido , EUA
Ano: 2002.
Duração: 115 min

Sinopse: Em três períodos diferentes vivem três mulheres ligadas ao livro Mrs. Dalloway. Em 1923 vive Virginia Woolf (Nicole Kidman), autora do livro, que enfrenta uma crise de depressão e idéias de suicídio. Em 1951 vive Laura Brown (Julianne Moore), uma dona de casa grávida que mora em Los Angeles, planeja uma festa de aniversário para o marido e não consegue parar de ler o livro. Nos dias atuais vive Clarissa Vaughn (Meryl Streep), uma editora de livros que vive em Nova York e dá uma festa para Richard (Ed Harris), escritor que fora seu amante no passado e hoje está com AIDS e morrendo.

Os Inocentes

Título Original: The Innocents
País de Origem: EUA
Gênero: Suspense
Tempo de Duração: 110 minutos
Ano de Lançamento: 1961
Direção: Jack Clayton

Sinopse: Algo e estranho e sinistro estava acontecendo naquela casa, pensou senhora Giddens (Deborah Kerr), contratada para cuidar de Flora e Miles, dois irmãos que ficaram órfãos em circunstâncias misteriosas. Com o passar do tempo, Giddens acredita que existe alguma coisa escondida nas trevas da mansão, fazendo com que as crianças tenham um comportamento muito assustador. E a jovem governanta não sabe se terá forças para enfrentar esse perigo oculto na face de crianças inocentes demais para cometer algum mal. Será mesmo? Adaptação da obra de Henry James, “A Volta do Parafuso”.

Trainspotting

Direção: Danny Boyle
Gênero: Drama
Origem: Reino Unido
Duração: 94 minutos
Tipo: Longa-metragem
Ano: 1996

Sinopse: O filme conta a vida de um grupo de jovens viciados em heroína em Edimburgo, na Escócia. Nasceu da adaptação de John Hodge para o romance homônimo. Num subúrbio de Edimburgo, quatro jovens sem perspectivas mergulham no submundo para manter seu vício pela heroína. “Amigos” que são ladrões e viciados, caminham inexoravelmente para o fim desta amizade e, simultaneamente (com exceção de um do bando), marcham para a auto-destruição.

Assim, se a vida do ser humano perde o sentido e a segurança sobre o devir se desfaz, ou seja, não há ninguém que lhe diga sobre o que seria a referência para viver, se tem então a necessidade de curar a angústia através de especialistas, combatê-la pelo envolvimento com as ocupações úteis ou se entregar as drogas. A angústia aponta para a dimensão trágica da existência, a fragilidade, vulnerabilidade e finitude perante a vida e isso as pessoas tendem em não reconhecer.

Lore

Direção: Cate Shortland
Gênero: Drama
Origem: Alemanha
Duração: 109 minutos
Tipo: Longa-metragem
Ano: 2012

Sinopse: O exército alemão entrou em colapso. O Terceiro Reich chegou ao fim e os aliados ocuparam a Alemanha na primavera de 1945. Esta situação faz com que a família da jovem Lore (Saskia Rosendahl) se desintegre, já que seu pai (Hans-Jochen Wagner), um oficial da polícia nazista, foge às pressas e logo é seguido pela mãe (Ursina Lardi). Lore recebe instruções para levar seus quatro irmãos mais novos ao encontro da avó, que vive na distante Hamburgo, precisando enfrentar a fome, o frio e os perigos inerentes da viagem.

Asas do desejo

Direção: Wim Wenders
Gênero: Drama
Origem: Alemanha
Duração: 127 minutos
Tipo: Longa-metragem
Ano: 1987

Sinopse: Na Berlim pós-guerra, dois anjos perabulam pela cidade. Invisíveis aos mortais, eles lêem seus pensamentos e tentam confortar a solidão e a depressão das almas que encontram. Entretanto, um dos anjos, ao se apaixonar por uma trapezista, deseja se tornar um humano para experimentar as alegrias de cada dia.

As Harmonias de Werckmeister

Direção: Béla Tarr
Gênero: Drama
Origem: Hungria
Duração: 145 minutos
Tipo: Longa-metragem
Ano: 2000

Sinopse: János Valuska, um simples carteiro apaixonado por astronomia, vê sua cidade sofrer uma revolta depois da chegada de um circo e suas atrações: uma baleia gigante e um príncipe medonho com seus seguidores, pessoas simples das cidades vizinhas que ficaram seduzidas pelo seu discurso niilista contra a burguesia local.

Poucos diálogos sobre a vida, a morte e a filosofia. Principalmente, a beleza melancólica das imagens propositalmente em preto e branco.

O Cavalo de Turim

Direção: Béla Tarr
Gênero: Drama
Origem: Alemanha
Duração: 146 minutos
Tipo: Longa-metragem
Ano: 2011

Sinopse: Turim, 3 de Janeiro de 1889. O filósofo Friedrich Nietzsche sai de casa. Ali perto um camponês luta com a teimosia do seu cavalo, que se recusa a obedecer. O homem perde a paciência e começa a chicotear o animal. Nietzsche aproxima-se e tenta impedir a brutalidade dos golpes com o seu próprio corpo. Naquele momento perde os sentidos e é levado para casa onde permanece em silêncio por dois dias. A partir daquele trágico evento Nietzsche nunca mais recuperará a razão, ficando aos cuidados da sua mãe e irmãs até ao dia da sua morte, a 25 de Agosto de 1900. Partindo deste evento, o filme tenta recriar o percurso do camponês, da sua filha, do velho cavalo doente e a sua existência miserável.

Amadeus

Direção: Miloš Forman
Gênero: Drama
Origem: Estados Unidos da América
Duração: 160 minutos
Tipo: Longa-metragem
Ano: 1984

Sinopse: Amadeus é uma adaptação da peça sobre a vida de Mozart, o gênio da música. A história foca em Salieri (Abraham), músico contemporâneo de Mozart (Tom Hulce) que, ao mesmo tempo em que admira e inveja o talento do compositor, o despreza por seu comportamento grosseiro. Salieri se pergunta por que Deus deu tamanho talento a alguém tão vulgar, enquanto ele, esforçado e devoto, está tão aquém de tal genialidade.

A inveja torna Salieri um rival, disposto a usar sua influência na corte de Viena para sabotar Mozart. Não sendo o bastante, após tentar se suicidar, Salieri confessa a um padre que foi o responsável pela morte de Mozart e relata como conheceu, conviveu e passou a odiar Mozart, que era um jovem irreverente, mas compunha como se sua música tivesse sido abençoada por Deus.

Azul é a Cor Mais Quente

Direção: Abdellatif Kechiche
Gênero: Drama / Romance
Origem: França
Duração: 179 minutos
Tipo: Longa-metragem
Ano: 2013

Sinopse: Adèle (Adèle Exarchopoulos) é uma garota de 15 anos que descobre, na cor azul dos cabelos de Emma (Léa Seydoux), sua primeira paixão por outra mulher. Sem poder revelar a ninguém seus desejos, ela se entrega por completo a este amor secreto, enquanto trava uma guerra com sua família e com a moral vigente.

Melancolia

Direção: Lars Von Trier
Gênero: Drama
Origem: Dinamarca
Duração: 130 minutos
Tipo: Longa-metragem
Ano: 2011

Sinopse: O tempo só serviu para afastar as irmãs Justine (Kirsten Dunst) e Claire (Charlotte Gainsbourg). Nem o casamento entre Justine e Michael (Alexander Skarsgård) serve como desculpa para aproximá-las e, depois da cerimônia, Justine começa a ficar triste e melancólica. Quando o anúncio sobre a colisão da Terra com outro planeta chega ao conhecimento, as reações são bem diferentes. Justine está conformada, enquanto o desespero do iminente fim apavora Claire.

Donnie Darko

Direção: Richard Kelly (II)
Gênero: Drama
Origem: Estados Unidos da América
Duração: 113 minutos
Tipo: Longa-metragem
Ano: 2001

Sinopse: A história se desenrola em uma atmosfera sombria do fim dos anos 80, em uma pequena cidade claramente dividida entre liberais e conservadores. Nesse turbilhão se encontra Donnie Darko (Jake Gyllenhaal), um garoto considerado problemático com alguns traços de esquizofrenia (assim caracterizado pela psiquiatra que ele frenquenta, Ms. Thurman).

Em uma noite, um coelho monstro gigante acorda Donnie, salvando sua vida, pois repentinamente uma turbina de avião despenca do céu caindo exatamente na cama de Donnie. O coelho monstro gigante ainda profetiza que o mundo irá se acabar dentro de pouco tempo, este mundo, Donnie entederá ser o mundo pessoal dele.

Donnie se mostra dividido entre a realidade e suas alucinações, junto a isso, muitos questionamentos sobre o sentido da vida e, principalmente, da morte.

Filme do Desassossego

Direção: João Botelho
Gênero: Drama
Origem: Portugal
Duração: 90 minutos
Tipo: Longa-metragem
Ano: 2010

Sinopse: A ação decorre em três dias e três noites, num quarto de uma casa na Rua dos Douradores, em Lisboa. Bernardo Soares, ajudante de guarda-livros, é um homem solitário e atormentado que vai anotando os seus pensamentos e angústias num livro, que intitula de “Livro do desassossego”.

“A solidão absoluta e perfeita do eu, sideral e sem remédio. Deus sou eu!”, escreveu Bernardo Soares.

O filme baseia-se no “Livro do Desassossego” do escritor Fernando Pessoa.

Mar Adentro

Direção: Alejandro Amenábar
Gênero: Drama / Biografia
Origem: Espanha
Duração: 125 minutos
Tipo: Longa-metragem
Ano: 2005

Sinopse: Ramón Sampedro (Javier Bardem) é um homem que luta para ter o direito de pôr fim à sua própria vida. Na juventude ele sofreu um acidente, que o deixou tetraplégico e preso a uma cama por 28 anos. Lúcido e extremamente inteligente, Ramón decide lutar na justiça pelo direito de decidir sobre sua própria vida, o que lhe gera problemas com a igreja, a sociedade e até mesmo seus familiares.

Ramón leva quase trinta anos debilitado em uma cama sob os cuidados de sua família. Sua única janela para o mundo é a do seu quarto, junto ao mar por onde tanto viajou e onde sofreu o acidente que interrompeu sua juventude. Desde então, seu único desejo é terminar com sua vida dignamente. A chegada de duas mulheres alternará seu mundo: Júlia (Belén Rueda), a advogada que quer apoiar sua luta e Rosa (Lola Dueñas), uma vizinha do povoado que tentará convencer-lhe de que viver vale a pena. A luminosa personalidade de Ramón termina por cativar a ambas, que terão que questionar como nunca os princípios que regem suas vidas.

Crime e Castigo (versão da BBC)

Direção: Julian Jarrold
Gênero: Drama
Origem: Reino Unido da Grã-Bretanha
Duração: 180 minutos
Tipo: Longa-metragem
Ano: 2002

Sinopse: O longa traz a história de Raskolnikov (John Simm), um inteligente e bem conceituado jovem estudante, que massacrado pelo mundo à sua volta, comete um assassinato para testar sua coragem e princípios.

O filme é baseado na obra do escritor Dostoiévski que vai além da trama e aprofunda-se na trágica história deste anti-herói, um dos personagens mais cativantes da literatura, que combina juventude, paixão e a busca pela essência perdida.

Gostou do que viu aqui?

Todo sábado enviamos um e-mail com os artigos da semana. Entre em nossa lista:

  • Cris Valéria F.

    boa seleção!

  • Rafaela Loner

    Também indico Waking Life.

  • Max Domingues

    Dificil dizer que algum filme não é “existencial” ou “reflexivo” pois sempre existe algo minimamente existencial ou reflexivo em cada pelicula, em cada obra, mesmo até as “blockbusters”. Mas, entretanto, todavia, também indico um dos filmes mais belos que eu já vi e que pode levar a reflexão infinita sobre a arte (que é o objeto desta discussão): A VIDA DOS OUTROS.

  • Vinicius Alves

    Grande post, parabens

  • Clarissa Campello

    indico After Life, um dos melhores que já vi!

  • Edwonderland Gare

    esse filme é muitoo bom, no começo é um pouco confuso, mas depois que assistir outra vez fica tudo mais claro, muitoo bom mesmo :))

  • Rachid

    e o inglês: “Another Day”. A meu ver, simplesmente fantástico. Os atores: desempenho impecável!

  • Alisson Pimenta

    Um grande filme que senti falta nessa lista foi Sete Vidas (Seven Pounds) com Will Smith.

  • Fabrício Costa

    Indico o Filme Invasões Bárbaras. Uma produção canadense de 2003, continuação de O Declínio do Império Americano.

  • Gabriele Albuquerque Silva

    Excelente lista!

  • Jose

    Faltou Mr. Nobody !

  • Felipe Tozo

    Grande lista, só acho que faltou o filme francês Os Intocáveis.

  • Dayse Elizabeth

    Super indico o filme Filhos do Paraíso. Muito bom! Sinopse: Ali (Amir Farrokh Hashemian) é um menino de 9 anos proveniente de uma família humilde e que vive com seus pais e sua irmã, Zahra (Bahare Seddiqi). Um dia ele perde o único par de sapatos da irmã e, tentando evitar a bronca dos pais, passa a dividir seu próprio par de sapatos com ela, com ambos revezando-o. Enquanto isso, Ali treina para obter uma boa colocação em uma corrida que será realizada, pois precisa da quantia dada como prêmio para comprar um novo par de sapatos para a irmã.

  • Amanda

    Senti falta de Sociedade dos Poetas Mortos!

  • Rui Tortato

    faltou o operário

  • Gabriel Henrique Bueno

    Indicaria o filme ”Paris Texas” e o ”O Ultimo Elvis” tbm um filme sobre a reflexão de quem realmente somos e quem realmente queremos ser.

    P.s. com exceção do filme ”Lore” já vi todos os outros e indico a qualquer um a vê-lôs, são filmes de verdade e indicaria mais filme de Ingmar Bergman tbm.

  • IGOR

    Mr. Nobody poderia entrar na lista facilmente

  • Luna Nóbrega Meyer

    Muito boa a lista, eu acrescentaria Dogville, também do Lars Von Trier… A reflexão humana do filme é incrível e grotesca.

  • Antônio Victor

    Faltou magnólia !

  • Camila Corrêa

    Obrigada pela lista! por favor faça outra em breve 😀 já já termino de assistir os que eu não conhecia e vou ficar desesperada por mais. Essa é a primeira lista que me agrada bastante!

  • Felipe Santos

    K Pax, um filme muito bom.

  • Bel

    De fato… Muito bom!

  • Ruth

    Realmente ,A vida dos outros, é um dos melhores filmes que vi !!!Filme alemão fantástico!

  • Mainara Bittencourt

    “We Need To Talk About Kevin” é um filme que espetacular.

  • Meia boca.

  • Na Natureza Selvagem é excelente. Vale a pena estar na lista. Inclusive, ótima trilha sonora, me fez gostar do Eddie Vedder..

    Crime
    e Castigo eu li o livro. Clássico respeitável. Me lembro do
    Raskolhnikov (Rodka), do Marmieladov (rsrs)… Mas confesso que preciso
    reler pra compreender toda a profundidade da obra.

    Von Trier transformou Kirsten Dunst numa mulher adulta. Filme perturbador.

    Mas “As Virgens Suicidas”? Não aguentei meia hora, muito ruim. Eu riscava essa coisa da lista e colocava Pink Floyd The Wall.

    Acho que o autor da lista podia se preocupar mais com o questionamento em si do que em demonstrar profundo conhecimento de cinema com filmes que ninguém conhece. Acho que dá pra ser crítico e culto sem ser chato e metido a elitista.

  • Jvinhv

    Muito boa a lista de filmes! Acrescente se possível Waking Life!

  • Jvinhv

    Concordo Rafaela!

  • Paulo Fernando Coelho Arrais

    Onde posso encontrar o filme asas do desejo?

  • diego bomber

    já assisti boa parte dessa lista,vou anotar aqui os que não assisti pra ver em breve,mas tambem faltou muita coisa ai.

  • Nayara Videira

    Outro filme excelente é “A Vida é Bela”. Nos faz refletir sobre a nossa maneira de encarar as dificuldades da vida…

  • Victor C. Herte

    Loguei apenas para responder o seu comentário, que foi muito coerente e perspicaz. Pois realmente, em cada filme, cada película, como você disse há algo mínimo, algo inerente ao criador, ao tempo e à realidade que nos cerca. Nada é perdido, nada é desperdiçado.

  • verdade. muito bom!! uma aula de Sartre

  • Günther Schlingmann

    caramba era esse que eu tava procurando tinha esquecido o nome, te amo vei kkkkk serio e pela indicação vc deve ser alguem interessante tambem brigadao

  • Jane Chiesse Zandonade

    Essenciais: “Festa de Babete” e “Colcha de Retalhos”. Ambos excelentes e imperdíveis.

  • Jane Chiesse Zandonade

    Eu comprei o DVD. Acho que só assim mesmo… ou assista pelo youtube…

  • Alan Gressler

    Beleza Americana também

  • Leticia Vitorino

    The physician também é maravilhoso, traduzindo se torna “O medico”

  • Luccas Fernandes

    Indico “A Grande Beleza” de Paollo Sorrentino