COMPARTILHE

De Michael Jackson ao AC/DC, passando pelo Sting e pelo Coldplay, experimentando um pouco do Nirvana e da Rihanna também. Artistas, épocas e gêneros diferentes – todos passando pelas cordas de dois violoncelos. Quem consegue recriar os mais famosos hinos destes músicos (entre muitos outros) é o duo musical 2Cellos, formado pelo esloveno Luka Šulić e pelo croata Stjepan Hauser.

Os dois violoncelistas se conheceram ainda na adolescência, onde estudaram juntos na Academia de Música de Zagreb; logo depois embarcaram para Viena, na Áustria. O caminho dos dois foi separado por um tempo, quando um foi estudar em uma universidade de Londres, enquanto o outro rumou a Manchester. A verdade é que ambos foram rivais, sempre competindo em concursos de música – mas preservando sempre a amizade.

O projeto 2Cellos foi colocado em pauta em 2010, quando os dois foram morar próximos um do outro, podendo, assim, discutir a respeito da criação do duo. Foi em 2011 que o vídeo de maior sucesso da dupla foi divulgado, o de Smooth Criminal, do rei MJ. No mesmo ano eles participaram de um episódio de Glee, onde fizeram o instrumental da música – com o cenário totalmente inspirado em seu vídeo original. Ao assinar, ainda em 2011, um contrato com a Sony Masterworks, seu primeiro álbum foi lançado, o 2Cellos.

O gênero musical do duo é chamado de Cello rock – uma mistura de música clássica com o rock (e também o pop) – que tem Apocalyptica e Rasputina como algumas das bandas representantes do estilo. É considerado um subgênero do heavy metal, que tem o violoncelo como o principal, e às vezes único, instrumento empregado às performances.

O In2ition é o segundo álbum da parceria, lançado em 2012. A presença de Elton John (que chegou a convidá-los para uma turnê por 30 cidades), do pianista chinês Lang Lang, de Steve Vai, da atriz Naya Rivera, entre outros, dá um quê a mais para um outro excelente álbum. Os caras já marcaram presença no Brasil, no Rio de Janeiro e em São Paulo, em 2013. O show na Arena Pula, lá na Croácia, foi sensacional – e, para mim, o melhor que eles já fizeram. Mas confesso que a apresentação na Arena Zagreb, em 2012, foi de arrepiar também.

Gostou do que viu aqui?

Todo sábado enviamos um e-mail com os artigos da semana. Entre em nossa lista: