COMPARTILHE

Occupy-Comics-1

Primeiro o sistema tentou ignorar o Occupy… Mas, quando o povo americano ficou fascinado por ele, a mídia foi forçada a cobri-lo. Então eles deram outro foco. Enterraram o lide. Ao invés de um protesto contra os especuladores de Wall Street fraudando a economia mundial…

…passou a ser sobre hippies em conflito com a polícia.

No fim, pareceu que os protestos eram contra brutalidade policial.

Occupy Comics #1 (2013) – Channel 1%, de Matt Pizzolo e Ayhan Hayrula

Na antologia Occupy Comics, lançada na última semana, grandes nomes dos quadrinhos contribuem com ilustrações, ensaios e HQs inspirados pelo movimento Occupy. E os lucros obtidos com a iniciativa serão repassados ao próprio movimento Occupy.

Em Channel 1%, sua contribuição de três páginas para a primeira edição (de um total de três) de Occupy Comics, o cineasta e roteirista Matt Pizzolo, idealizador do projeto, colaborou com o artista Ayhan Hayrula. Ele compara a cobertura feita de maneira semelhante pela mídia tradicional de dois movimentos populares: o Tea Party e o Occupy. Pizzolo argumenta que as informações que chegaram aos chamados 99% a respeito dos protestos de ambos foram filtradas (ou manipuladas) pelos conglomerados de mídia controlados pelo 1%, deslegitimando os movimentos.

“A revolução foi televisionada. É esse o problema.”

fragmentos9 – Fragmentos de genialidade (ou infâmia) da nona arte. Um quadrinho (ou sequência) de cada vez. Seleção arbitrária por nosso comitê (de uma só pessoa). Para mais, visite o tumblelog.

Siga La Parola:

http://facebook.com/LaParolaOnline
http://twitter.com/LaParolaOnline

Gostou do que viu aqui?

Todo sábado enviamos um e-mail com os artigos da semana. Entre em nossa lista: