COMPARTILHE

Nada se cria tudo se copia. Talvez uma época fosse mais difícil devido à distância dos produtos culturais. O plágio nunca esteve tão presente em nossa vida quanto na era da internet, onde tudo é possível de ser encontrado e, consequentemente, copiado. Da mesma forma, é mais fácil encontrar as fontes que motivaram tal plágio/inspiração/referência/releitura. E foi assim que encontrei esse personagem, Adamson, possível inspiração para a criação de Homer Simpson.

Adamson foi criado pelo cartunista sueco Oscar Jacobsson (1889-1945), em 1920, para ser publicado na revista sueca de humor, Söndags-Nisse. Após a morte de Jacobsson, em 1945, Adamson continuou sendo desenhado e publicado pelo cartunista Dane Viggo Ludvigsen até 1964. Nos Estados Unidos, Adamson, com a alcunha de Silent Sam, ganhou histórias paralelas, desenhadas pelos cartunistas Henry Thol e Jeff Hayes.

Silent Sam de Jeff Hayes

Os personagens são distintos, de forma alguma Homer Simpson nasceu como uma cópia, mas a influência é visível. Quem costumava achar Matt Groening um gênio por ter criado um carismático personagem comilão, bêbado, irresponsável e, mesmo assim, pai de família, precisa dar um pouco do crédito de genialidade a Oscar Jacobsson (R.I.P.), pois consciente ou inconscientemente essa influência existiu.

Fálkinn, julho  de 1949
Adamson, publicado no jornal islandês Fálkinn em julho de 1949.

Siga La Parola:

http://facebook.com/LaParolaOnline
http://twitter.com/LaParolaOnline 

Gostou do que viu aqui?

Todo sábado enviamos um e-mail com os artigos da semana. Entre em nossa lista: