La Parola

389 Artigos 0 Comentário
A Redação LaParolense.
Emad Burnat, diretor de "5 Broken Cameras", filme indicado ao Oscar de melhor documentário estrangeiro, foi detido ao desembarcar no aeroporto de Los Angeles, Califórnia, para participar da festa do cinema de Hollywood. Ele, a esposa Soraya e o filho Gibril, de 8 anos foram submetidos a interrogatório. Segundo as autoridades de imigração, Emad não tinha em seu poder o “convite apropriado para o Oscar”.
O filme mostra o mapa sonoro da polarização social no nosso cotidiano: o som dos ambulantes, dos alarmes em forma de sirene ou de latido, dos carros que aceleram e que colidem, dos eletrodomésticos que ressoam o que seus donos calam, do grito que não redime, dos pés descalços pulando o muro dos condomínios, das bombinhas que, estourando em cadeia, anunciam o tiro certeiro.
Depois de protagonizarem a premiação do Grammy, as duas bandas receberam os principais prêmio do Brit Awards, cerimônia britânica realizada em 20 de fevereiro em Londres.
Segundo o criador do WikiLeaks, "todos os dias centenas de milhões de mensagens vindas de todo o continente latino-americano são devoradas por órgãos de espionagem norte-americanos e armazenadas para sempre em depósitos do tamanho de cidades”.
A World Photography Organisation anunciou as dez fotografias finalistas do prêmio. Patrocinado pela Sony, o concurso escolhe as melhores fotos feitas por estudantes de diferentes universidades ao redor do mundo. Veja as fotos.
Sexta-feira, 15 de fevereiro. Chelyabinsk, região dos Urais, Rússia. Uma chuva de meteoritos ataca a região provocando pânico no país e ferindo ao menos 900 pessoas. Clarões incandescentes e explosões derrubaram paredes e janelas, destruindo parcialmente várias edificações.
Next Year é o terceiro single do álbum Beacon do Two Door Cinema Club. O vídeo foi publicado em 7 de fevereiro no youtube.
Em Belo Horizonte, marchinha “Imagina na Copa” vence concurso e mostra o que população está pensando sobre o evento.
Atribuída comumente ao italiano Guglielmo Marconi, a paternidade do rádio é motivo de polêmica. O padre gaúcho Roberto Landell de Moura foi um pioneiro que o Brasil hoje começa a reconhecer ao anteceder em dois anos a experimentação de Marconi.