COMPARTILHE

“Um morador me perguntou ‘por favor, o que isso significa?’ e eu expliquei que eu queria mostrar a destruição de Gaza com fotos no meu website – mas que na internet as pessoas só olham fotos de gatinhos.” (Banksy)

O artista-ativista Banksy fez uma nova intervenção com um nível de ousadia ninja: foi secretamente à Faixa de Gaza. Por túneis clandestinos, conseguiu entrar em um dos (senão O) território mais hostil do planeta.

Banksy fez algumas ilustrações, escreveu em um muro uma frase de alto impacto e gravou um vídeo no local. O artista ainda continua anônimo, ao contrário de suas geniais intervenções.

“Gaza é geralmente descrita como a ‘maior prisão a céu aberto do mundo’ porque ninguém é autorizado a entrar ou sair. Mas isso me parece um pouco injusto com as prisões – eles não têm eletricidade e o serviço de fornecimento de água é cortado aleatoriamente quase todo dia.” (Banksy)

O impacto do bloqueio de Israel e Egito ao território palestino é desumano. Só de imaginar que ali vivem crianças que jamais viram o mundo como nós vimos, me sinto mal. Se acostumar com a rotina violenta e ter que encarar cada explosão, atentado ou execução como mera trivialidade do cotidiano é algo que não cabe em minha imaginação. São adultos agindo como crianças e crianças agindo como adultos.

Faça um exercício aí e imagine que você tenha nascido em uma zona de conflito e jamais tenha deixado esse local. “Os nativos gostam tanto que de lá nunca saíram”, ironiza Banksy no vídeo. Minha imaginação não chega perto do que a realidade deve ser. E, vamos falar sério, nem a sua.

Abaixo o vídeo e algumas imagens da intervenção do artista:

Banksy - Faixa de Gaza - Palestina - Street Art (1) Banksy - Faixa de Gaza - Palestina - Street Art (2) Banksy - Faixa de Gaza - Palestina - Street Art (3) Banksy - Faixa de Gaza - Palestina - Street Art (4) Banksy - Faixa de Gaza - Palestina - Street Art (5) Banksy - Faixa de Gaza - Palestina - Street Art (6)

fotos via Street Art Utopia

Gostou do que viu aqui?

Todo sábado enviamos um e-mail com os artigos da semana. Entre em nossa lista: