Artigos e Crônicas

A Filosofia do Budismo

budismo

Hoje, o Budismo é mais popular do que nunca, visto que se espalha por todos os continentes do planeta. Saiba mais sobre os ensinamentos da história de Buda.

O Assassinato de Kitty Genovese e o Problema do Espectador

38 pessoas assistiram à execução de uma mulher inocente, que foi abordada covardemente por um homem com sede de matança. Por que essas pessoas ficaram sem reação, assistindo ao assassinato de longe?

A Ditadura do Relógio

Agora são os movimentos do relógio que vão determinar o ritmo da vida do ser humano — os homens se tornaram escravos de uma ideia de tempo que eles mesmos criaram e são dominados por esse temor tal como aconteceu com Frankenstein.

Por uma educação que nos ajude a pensar e não que nos ensine a obedecer

Professor de Direito da USP afirma que apoiou o Golpe Militar de 1964 e deixa a sala de aula quando questionado. Assista.

20 Motivos Para Amar o Brasil

Confira uma lista com 20 motivos para amar o Brasil. São características socioculturais que fazem os brasileiros se orgulharem de seu país.

Uma madrugada explorando o mundo pelo Periscope

O Periscope é uma revolução nas comunicações e na forma como nos relacionamos. Há pessoas utilizando o app para fazer jornalismo, transmitir manifestações, playoffs da NBA, palestras, festas bizarras, caminhadas por cidades turísticas e outras coisas. Passei uma madrugada explorando o mundo pelo aplicativo e vi alguns streamings bem legais, mas também vi muito lixo, óbvio.

A Era da Liquidez: Parte I (Modernidade Líquida)

Modernidade Líquida

Nesta 1ª parte da série 'A Era da Liquidez', uma discussão sobre a Modernidade Líquida, conceito fundamental do sociólogo polonês Zygmunt Bauman.

Como identificar um psicopata

Como identificar um psicopata

O que a sociedade desconhece é que os psicopatas, em sua grande maioria, não são assassinos e vivem como se fossem pessoas comuns. Eles podem arruinar empresas e famílias, provocar intrigas, destruir sonhos, mas não matam. E, exatamente por isso, permanecem por muito tempo ou até uma vida inteira sem serem descobertos ou diagnosticados.

Sobre amar no século XXI

No século XXI ama-se tudo. Ama-se pela palavra e não mais pelo coração. Estamos trocando a felicidade pela alegria.