Ilustração

Punhetão: Um Sgt. Pepper’s dos fanzines

O fanzine Punhetão, uma das publicações alternativas mais selvagens — e artísticas — do norte gaúcho, volta a aterrorizar leitores após um hiato de 11 anos.

A Evolução do Wolverine

Já parou para pensar quantas vezes Logan trocou de uniforme? O site HalloweenConstumes.com organizou um completo infográfico com todas as "versões" do Wolverine em mais de 40 anos de existência. Confira o infográfico completo.

Poder e Responsabilidade

Inspirados na Guerra Civil, da Marvel, e nos recentes acontecimentos na cidade de São Paulo, os publicitários Alessandro Trimarco e Paulo Eugênio resolveram criar uma série de interferências, com personagens Marvel e DC, em fotos encontradas na internet.

Game Of Brands

Como seria se as famílias de Game Of Thrones deixassem Westeros e se transferissem para o mundo corporativo contemporâneo?

V de Vingança e o movimento Occupy

O movimento Occupy, que buscou inspiração no herói de "V", serve como base para uma HQ com narrativas e ensaios ilustrados de grandes nomes da indústria – e os lucros vão para o movimento.

A Liga da Justiça da New Wave

O mais novo projeto do artista Billy Butcher, mestre em misturar elementos da cultura pop, é a Liga da Justiça da New Wave.

A vida em 2076

Segunda edição da HQ pague-quanto-quiser "The Private Eye", distribuída apenas pela internet, já está disponível, trazendo mais um capítulo das desventuras de um paparazzi/detetive num mundo em que a privacidade é extrema.

A criminalização da arte

Vivemos em um país onde a arte é vista como suja e o artista como bandido. Em busca do sonho, da arte, da liberdade e de inúmeros ideais, homens e mulheres escolheram botar uma mochila nas costas e o pé na estrada. Pessoas que são reprimidas diariamente em razão dos padrões sociais pré-estabelecidos. O Coletivo A Beleza da Margem precisa da sua ajuda para mostrar e esclarecer o que acontece com a arte e o artista de rua no Brasil.

Dran: O Banksy Francês

Dran

Contemplando a arte de Dran podemos ver cenas que foram cozinhadas em sua mente e que faz tanto sentido que podemos até ensaiar uma sensação de "como não pensei nisso antes?". Dran, da bonita Toulouse, é chamado de "Banksy francês". Isto em virtude da similaridade do traçado e da mensagem final.