Ilustração

Imaginação, arte e senso crítico de Blu

Blu demonstra a partir de suas criações não haver limites para a arte e a imaginação. Conheça um pedaço da obra do artista que desenhou o Cristo Redentor atolado em armas de fogo.

Arteficina, um coletivo artístico cultural

A Arteficina é um coletivo artístico cultural de Passo Fundo. O grupo está promovendo a Asimov, uma oficina de autopublicação.

Artista recria famosas capas de discos com heróis e vilões dos quadrinhos

Inspirado pela música pop e pelos heróis e vilões dos quadrinhos, o artista transformou várias capas clássicas de alguns discos e imaginou-as sendo estreladas por esses personagens.

Bandeiras de Game of Thrones Versão Web

Aproveitando o retorno de Game Of Thrones, retorno espetacular diga-se de passagem, o CollegeHumor uniu a série com a internet. Veja uma ideia de como seriam as bandeiras das corporações se cada uma fosse uma família do universo criado por George Martin.

The SkinBook é um sketchbook para tatuadores iniciantes com folhas que simulam a pele humana

Com folhas de polímeros que simulam a textura da pele e planos de fundo com partes do corpo humano, a pira do SkinBook é ser um rascunho para quem está começando a tatuar. É a maneira perfeita para praticar e criar seu portfólio.

Ilustrações de uma Springfield Pós-Apocalíptica

Nesse exemplo, o ilustrador Tim Doyle reconceituou conhecidos pontos da cidade de Springfield. No lugar do amarelo lúdico, o artista utilizou tons escuros, transformando Springfield em uma cidade desolada e lúgubre.

Um ônibus muito louco

tirinhas

The Bus é uma série de tirinhas surrealistas, doidonas e nonsenses criada pelo ilustrador Paul Kirchner. A série foi veiculada na revista norte-americana Heavy Metal entre 1978 e 1985.

‘A Mão Livre – Humor depois de Charlie Hebdo’: Livro será assinado por 42 ilustradores brasileiros

Angeli, Adão Iturrusgarai, Allan Sieber, Luis Fernando Veríssimo, André Dahmer, Mauricio de Sousa e outras dezenas de ilustradores brasileiros participarão da coletânea.

Punhetão: Um Sgt. Pepper’s dos fanzines

O fanzine Punhetão, uma das publicações alternativas mais selvagens — e artísticas — do norte gaúcho, volta a aterrorizar leitores após um hiato de 11 anos.