Ilustração

Estrelando: Os Gatos

E se os gatos dominassem o mundo musical? Alfra Martini tem mantido um tumblr exclusivo com adaptações de capas de discos para o mundo felino. Aqui, os gatos protagonizam e substituem os humanos.

Angeli ilustra “O Incrível Mensalão”

O cartunista Angeli fez mais uma. A série: "O Incrível Mensalão", publicada pela Folha de São Paulo.

Ilustrações de uma Springfield Pós-Apocalíptica

Nesse exemplo, o ilustrador Tim Doyle reconceituou conhecidos pontos da cidade de Springfield. No lugar do amarelo lúdico, o artista utilizou tons escuros, transformando Springfield em uma cidade desolada e lúgubre.

Punhetão: Um Sgt. Pepper’s dos fanzines

O fanzine Punhetão, uma das publicações alternativas mais selvagens — e artísticas — do norte gaúcho, volta a aterrorizar leitores após um hiato de 11 anos.

O que fazer com um dólar?

Há muitas formas de gastá-lo, você pode dar uma gorjeta, comprar um pedaço pequeno de pizza, uma lâmpada incandescente, uma música no iTunes ou até alimentar famílias pobres. Ou você pode desenhar na nota de um dólar, personalizando ou substituindo George Washington. Confira como se pode fazer arte em notas de um dólar.

Uma peculiar visão sobre os primórdios da maior banda do mundo na HQ ‘Beatles com A – O Nascimento De Uma Banda’: leia um trecho

'Beatles com A - O nascimento de uma banda' é um longo conto ilustrado sobre o surgimento da maior banda do mundo e a infância de seus protagonistas. O autor é o finlandês Mauri Kunnas. Leia um trecho.

Clotheless Portraits das Minas: Sobre a verdadeira beleza feminina…

Clotheless Portraits das Minas é um grupo onde as mulheres desenham umas às outras sem roupa, com o objetivo de fazê-las se sentirem mais à vontade em relação ao próprio corpo, independente dos padrões estéticos que lhes são impostos todos os dias.

As intervenções urbanas minimalistas e cheias de significados do espanhol Pejac

Entre a crítica, a arte e uma pitada de humor divide-se o trabalho do ilustrador espanhol Pejac. Conheça as intervenções urbanas do artista.

Dead Rockers, Modern Times

Ícones mortos da música foram recriados com traços de contemporaneidade, sobretudo em relação à tecnologia e às redes sociais, por Butch Billy.