Oscar 2015: Quem sairá com a estatueta mais cobiçada do cinema?

Em 22 de fevereiro ocorrerá a 87ª cerimônia de entrega dos prêmios do Oscar. No clima tradicional que acompanho ao longo dos anos, deixo os meus palpites (apenas das principais categorias), apostas e suas justificativas.

O Ano Mais Violento de J.C. Chandor

Um thriller sufocante e de agonia onírica, O Ano Mais Violento é certamente um filme a ser visto. Leia a resenha.

Abertura de Game of Thrones versão Nordeste brasileiro

A sensacional abertura da série Game Of Thrones ganhou uma versão brasileira. O publicitário Raphael Goettenauer adaptou a abertura e trocou King's Landing, Winterfell e demais reinos pelas capitais do nordeste do Brasil. Assista.

Que Horas Ela Volta? – Está na hora de você repensar sobre o cinema nacional

Que Horas Ela Volta?

Badalado filme de Anna Muylaert é mais uma prova de qualidade do nosso cinema.

ASSISTA: Stanley Kubrick é homenageado em Os Simpsons

Os Simpsons, no último episódio do especial de Halloween - Treehouse of Horror, fez uma rápida homenagem ao diretor Stanley Kubrick. Laranja Mecânica, 2001 - Uma Odisseia no Espaço, Nascido Para Matar, Barry Lyndon e De Olhos Bem Fechados são nítidas referências presentes no episódio. Assista a um trecho.

O Hobbit (2012)

O Hobbit foi um dos filmes mais esperados do ano, e lotou cinemas no mundo inteiro. Peter Jackson criou algo maravilhoso, memorável, com a mesma qualidade da trilogia Senhor dos Anéis, e com um "que" a mais de sentimento.

Top 10 Filmes de 2013, por Quentin Tarantino

O ano de 2013 ainda não acabou, mas Quentin Tarantino já elaborou, momentaneamente, sua lista pessoal dos melhores filmes até então. Confira o top 10 do diretor de Django Livre.

‘Big Buka’ para Charles Bukowski

A literatura de Bukowski interage com o ambiente e a sua vibração trabalha ao redor de um ponto de partida que jamais será o mesmo. Isso mexe com quem lê e igualmente com quem escreve. E foi pensando assim que a Editora Os Dez Melhores criou a seletiva ‘Big Buka’, na qual receberá textos inéditos e em português de autores que escrevam contos com a mesma temática que inspirou o escritor Charles Bukowski.

‘A Mão Livre – Humor depois de Charlie Hebdo’: Livro será assinado por 42 ilustradores brasileiros

Angeli, Adão Iturrusgarai, Allan Sieber, Luis Fernando Veríssimo, André Dahmer, Mauricio de Sousa e outras dezenas de ilustradores brasileiros participarão da coletânea.

‘ISTO’ nos foi muito útil. Adeus, Rob!

Impossível relatar o que cada personagem de Rob significou na vida de quem o viu atuar brilhantemente.