COMPARTILHE

Sem dúvida um dos cenários mais bonitos para a produção dos filmes brasileiro é o sertão nordestino. Em outros longas como Árido Movie, Abril Despedaçado e Lavoura Arcaica, a paisagem é um grande trunfo, mas nenhum deles supera a fotografia de Cinema, Aspirinas e Urubus. Os visuais esbranquiçados dos dias e enegrecidos das noites são controversos, cromaticamente falando. Enquanto os dias são secos, longos e árduos, as noites todas parecem ser brandas e suaves.

Evidente que esse não é o foco do filme. O longa do diretor Marcelo Gomes se passa durante a Segunda Guerra Mundial, no ano de 1941. Um alemão, Johann (Peter Ketnath), cruza o Brasil em um caminhão divulgando duas brilhantes novidades para os longínquos brasileiros do nordeste, o cinema e a aspirina. O cinema, conhecido na região apenas através do nome, faz a propaganda da venda da aspirina, um medicamento até então desconhecido para o povo.

Durante a viagem, Johann conhece Ranulpho (João Miguel), que é contratado para ajudá-lo em suas viagens. Ranulpho é um sonhador que quer conhecer a capital, na época o Rio de Janeiro. Uma relação que é concebida através do dinheiro, se transforma com o tempo, gerando uma amizade breve, porém eterna. É interessante pensar em um forasteiro ter seu país em que foi adotado declarar guerra ao seu país natal.

O diretor, Marcelo Gomes, faz o uso do maior artifício anteriormente citado do sertão nordestino, a seca. Pedras enormes no meio da estrada de chão, porteiras, cercas de arames farpados, cactos, cobras e muita poeira, tudo isso na atmosfera esbranquiçada que o filme carrega do início ao fim. É um filme para pensar, seus planos de longa duração, que quando bem elaborados não tornam o enredo maçante, traduzem este conceito. Transportado pelo contexto histórico mais importante do século passado, e tal como todo bom road movie, em Cinema, Aspirinas e Urubus quem fala mais alto é a liberdade.

Assista ao filme de graça no youtube. Só clicar no play.

Siga La Parola:

http://facebook.com/LaParolaOnline
http://twitter.com/LaParolaOnline 

Gostou do que viu aqui?

Todo sábado enviamos um e-mail com os artigos da semana. Entre em nossa lista: