COMPARTILHE

Comerciais de TV
Glamour pra alcoolismo
É o Kinect do XBox
Por duas buchas de cinco

O futuro na favela é previsível. A tecnologia evolui, mas a sociedade permanece estagnada. A década é outra, mas a desigualdade econômica e social é a mesma de anos atrás. Essa é a visão de Criolo, do diretor Denis Cisma e de toda a equipe da Paranoid que produziu o ótimo curta-metragem com as músicas Duas de Cinco e Cóccix-ência, lançadas no ano passado pelo rapper.

São quase 10 minutos de duração, mas que embalados pela letra crítica e pelo vídeo de estética futurista, parecem durar bem menos tempo. Hologramas, impressoras 3D, luzes coloridas e muitos outros equipamentos de última geração fazem parte da favela do futuro que é contada no curta. Nada tão impressionante com a realidade, afinal, não é incomum que barracos e casas paupérrimas sejam decoradas com telas de LCD de ’42, entre outros aparelhos.

Jóias pouco valem. Água pura vale muito. Esse é o futuro de um presente onde o supérfluo parece ser mais importante do que o básico. O alerta está dado e a esperança é de que esta ficção não saia das telas.

Assista abaixo:

Imagens:

Criolo Curta-Metragem Duas de Cinco Cóccix-ência (2) Criolo Curta-Metragem Duas de Cinco Cóccix-ência (3) Criolo Curta-Metragem Duas de Cinco Cóccix-ência (4)

Gostou do que viu aqui?

Todo sábado enviamos um e-mail com os artigos da semana. Entre em nossa lista:

COMPARTILHE