COMPARTILHE

HA! HA! HA! (Joker)

Esquadrão Suicida não é um trabalho que possa ser avaliado por expectativas. Isso porque o longa abre mão de qualquer sentimento positivo nutrido em relação aos trailers divulgados para simplesmente ser um entretenimento fraco.

Os problemas atravessados durante as filmagens e a consequente mudança de escopo devido as péssimas críticas pós-Batman Vs Superman, não servem, de forma alguma, como desculpa. Foi mais um tiro no pé da Warner que, ainda, tenta seguir desesperadamente o sucesso alcançado pelos estúdios da Marvel.

David Ayer não passa qualquer proximidade e profundidade no comando da adaptação dos piores vilões da DC. A mão do diretor é incoerente e sem tato.

O script, também concebido pelo mesmo, nada mais é que um rascunho contrário aquele ensinado nos mais variados manuais de roteiros cinematográficos. Desde o seu início, a montagem descompassada é suicida, ironicamente.

Will Smith foi uma péssima escalação e o filme comprova isso. O carisma natural do astro não é suficiente para uma identificação do espectador e isso acontece com todos os outros do elenco.

Nem mesmo Jared Leto e Margot Robbie salvam-se da vergonha alheia de um roteiro maltrapilho. Se há um nome a ser aplaudido mediante tantas falhas, esse é o nome de Viola Davis. Davis imprime, na medida certa, toda a galhardia e propriedade de uma Amanda Waller.

Mas o grande ato falho de Esquadrão Suicida é esquizofrenia da sua história. Não faz sentido. Faz apenas graça. E de graça vivem as comédias caricatas, pretensiosas para serem dessa forma. A trilha sonora eletrizante cativa, mas nubla os diálogos piegas, as cenas de ação enfadonhas e o clímax brochante.

Fica cada vez mais difícil levar fé no núcleo criativo do estúdio a respeito das futuras adaptações. A Warner corre loucamente por aceitação e diz não querer ser comparada com a Marvel.

É compreensível tamanha ressalva, até porque não há base para essas discussões. A Casa das Ideias marcou presença nas aulas de cinema. A Warner quis dar uma de viver a vida adoidada, mas desistiu e ficou em casa jogada no sofá assistindo tudo e nada na mesma programação de sempre.

Gostou do que viu aqui?

Todo sábado enviamos um e-mail com os artigos da semana. Entre em nossa lista:

Guilherme Moreira Jr.

Guilherme Moreira Jr.

Cidadão do mundo com raízes no Rio de Janeiro.
Guilherme Moreira Jr.
COMPARTILHE