COMPARTILHE

“Pessoas que não morrem nos livros vão morrer na TV, então, até mesmo os leitores ficarão infelizes, é melhor que todo mundo fique esperto. David e D.B. são ainda mais sanguinolentos do que eu”

Referindo-se a David Benioff e D.B. Weiss, co-produtores da série Game Of Thrones da HBO, George R.R. Martin fez essa declaração ao Showbizz 411, em fevereiro passado, durante a entrega do Prêmio do Sindicato dos Roteiristas de 2015.

Há várias hipóteses para tudo isso. Primeiro, apesar da declaração parecer forte e dar a impressão de que será muito diferente, dificilmente personagens centrais da narrativa que não morreram nos livros sofrerão esse revés, uma vez que isso poderia influenciar todo o resto da história.

Por outro lado, pode parecer também uma estratégia para que os spoilers que rolam na internet não se consolidem na série, e permaneçam apenas nos livros. O que move a série da HBO é a carga dramática e a imprevisibilidade. Para quem já leu todos os capítulos das Crônicas de Gelo e Fogo até então, as barbáries e as surpresas não são tão inacreditáveis, uma vez que já aconteceram. Quem não imagina que aquele personagem com ares de protagonista está prestes a morrer, se prende muito mais, gerando muito mais audiência.

Um terceiro ponto (que entra em conflito com o primeiro) é a demora de George Martin para finalizar os livros. No momento, o autor está escrevendo o sexto capítulo da série (The Winds Of Winter). Depois ainda irá escrever o sétimo e último livro (The Dream Of Spring). Muito se falou sobre a bizarra possibilidade de a série não esperar a literatura para chegar ao fim. Teríamos nesse caso uma história de televisão e uma história literária com a mesma base, mas com finais alternativos.

Na mesma entrevista, George Martin disse que ainda não estão definidas quantas temporadas a HBO irá filmar Game Of Thrones.

Está é a quinta temporada, a sexta a HBO renovou no ano passado. Teremos 7, 8 ou 9, ninguém sabe. Eles renovam somente duas temporadas por vez. Depois que fizermos a sexta, talvez tenhamos uma renovação para a sétima e oitava. Tudo depende, televisão é um meio muito variável.

O futuro de Game Of Thrones na televisão é tão imprevisível quanto a própria história. É melhor não tentar prever e assistir. A quinta temporada estreia dia 12 de abril, na HBO. Será baseada no quarto e no quinto livro (O Festim dos Corvos e A Dança dos Dragões), já que até certo ponto as histórias acontecem durante o mesmo período.

Essa será a primeira temporada que George Martin não escreverá um capítulo. O autor está todo focado na concepção dos novos títulos. Só resta aguardar e ver como será o resultado.

Antes disso, confira dois trailers da 5ª temporada de Game Of Thrones:

Gostou do que viu aqui?

Todo sábado enviamos um e-mail com os artigos da semana. Entre em nossa lista:

Flaubi Farias

Jornalista, parolo, navegador, alienígena e editor do La Parola.
COMPARTILHE