Guerra Civil eterna

COMPARTILHE

Civil War #1

Civil War #1 (2006), de Mark Millar e Steve McNiven

Na última segunda-feira (13), a Marvel divulgou um teaser que aparentemente sinaliza uma nova edição de um de seus megaeventos quadrinísticos de maior sucesso nos últimos anos, Guerra Civil, para o próximo verão norte-americano (nosso inverno). Mais tarde, a Variety afirmou que Robert Downey Jr. (o Tony Stark/Homem de Ferro do universo cinematográfico da Marvel) estaria acertando sua participação no filme Capitão América 3, que levaria às telonas uma adaptação da Guerra Civil dos super-heróis da editora/megaempresa de entretenimento/afiliada da Disney.

Nada melhor nesta ocasião que relembrar de uma das sequências mais empolgantes da primeira edição da minissérie original, quando o Capitão América, após discutir com a diretora da S.H.I.E.L.D., Maria Hill, a respeito do projeto de registro de super-humanos, foge do aeroporta-aviões da organização SURFANDO EM UM CAÇA!

Em Guerra Civil, publicada originalmente entre junho de 2006 e janeiro de 2007, uma grande tragédia leva o governo norte-americano a aprovar uma lei que obriga o registro – incluindo a revelação da identidade secreta à S.H.I.E.L.D. – de todos os super-heróis. A partir daí, surge um conflito entre aqueles favoráveis ao registro, liderados pelo Homem de Ferro, e os contrários, comandados pelo Capitão América.

fragmentos9 – Fragmentos de genialidade (ou infâmia) da nona arte. Um quadrinho (ou sequência) de cada vez. Seleção arbitrária por nosso comitê (de uma só pessoa). Para mais, visite o tumblelog.

Gostou do que viu aqui?

Todo sábado enviamos um e-mail com os artigos da semana. Entre em nossa lista:

COMPARTILHE