COMPARTILHE

Jake Edwin Kennedy surgiu efetivamente para o mundo da música em 2012 com o ótimo álbum Jake Bugg, seu nome artístico. Foi um dos melhores álbuns daquele ano, cheio de melodias rápidas, letras extensas e um estilo de tocar violão que pouca gente ainda faz até hoje, mas que deixariam Cash e Dylan satisfeitíssimos por terem influenciado este garoto britânico de dezoito anos, na época.

Um ano mais tarde, Jake Bugg gravou um novo álbum, dessa vez com a produção do mago Rick Rubin. Jake muito mais elétrico do que no disco de estreia, mas com as mesmas características fundamentais, passeando entre o britpop, o country e o folk sessentista.

Basicamente, Jake Bugg conversa sobre sentimentos e emoções em seus dois álbuns. Despolitizado, tem sido considerado um hitmaker nato no Reino Unido, com canções que já invadem as rádios da terra da Rainha. As críticas por lá têm sido extremas. Se a NME considerou que o cantor está um pouco perdido, com um álbum inferior ao de estreia, o The Independent publicou resenhas bastante favoráveis ao disco. É tudo muito pessoal, claro. A Rolling Stone curtiu, por exemplo. Eu também.

O álbum foi gravado no estúdio de Rick Rubin e que também nomeia o álbum, o Shangri La, em Malibu. Rubin enxergou bem o talento do cantor e, graças a sua alta influência no ramo musical, montou uma equipe respeitosa para executar as músicas no estúdio. Pete Thomas, parceiro de longa data de Elvis Costello e Chad Smith, do Red Hot Chili Peppers gravaram as baterias. Matt Sweeney fez as guitarras e Jason Lader o baixo. Mesmo com um time de peso, as composições são todas de Jake Bugg, claro que com participações especialíssimas de Iain Archer e Brendan Benson.

Divididos quase que 50/50 entre composições animadas e baladas, a música mais atípica do álbum é o jazz-bossanova Kitchen Table. Resumindo, o álbum possui seus momentos empolgantes com Slumville Sunrise, What Doesn’t Kill You, Messed Up Kids, Kingpin e There’s a beast and we all feed it, que talvez seja a música com maior semelhança ao álbum anterior. A Song About Love, All Your Reasons, Pine Trees, Simple Pleasures e Storm Passes Away fazem parte do time das baladas do disco.

O country rock Me and You fica no meio disso tudo. É uma das melhores composições de Shangri La, com uma sonoridade que lembra bastante os grupos britânicos Mumford and SonsThe Coral.

Jake Bugg já havia liberado anteriormente algumas faixas para audição e também divulgado dois clipes: What doesn’t kill you Slumville Sunrise (acho que vocês perceberam acima). O cantor se apresentará no país em 2014, no Lollapalooza, em São Paulo, no início de abril.

Fiquem com a audição do álbum, também disponível no Eu Escuto.

Siga La Parola:

http://facebook.com/LaParolaOnline
http://twitter.com/LaParolaOnline

Gostou do que viu aqui?

Todo sábado enviamos um e-mail com os artigos da semana. Entre em nossa lista: