COMPARTILHE

Em 2022, o Catar sediará a tão sonhada Copa do Mundo. Já passamos por isso aqui no Brasil e, apesar de toda a festa do futebol, turismo e aquela coisa toda, é fácil perceber que as consequências, no geral, não foram tão positivas quanto a propaganda prega. No Catar, oito anos antes do Mundial, já há dados estatísticos comprovando a conclusão.

A exemplo do Brasil, o Catar também construirá novos estádios milionários e de primeiro mundo para receber o evento da FIFA. Por isso, as obras no país estão a milhão, custe o que custar – ou morra o que morrer. As estatísticas mostram que mais de 400 imigrantes nepaleses já morreram nas obras da Copa. O levantamento foi feito pela organização dos direitos humanos Pravasi Nepali Co-ordination Committee e foram baseados em dados oficiais do governo. Se a média continuar, estima-se que 4.000 trabalhadores morrerão até 2022. Além do Nepal, a mão-de-obra estrangeira vem a preço de banana de outros países próximos como Índia, Bangladesh, Paquistão e Sri Lanka.

Pode passar o tempo que for, mas essas mortes não serão esquecidas. Um projeto chamado Memorial da Copa do Mundo do Catar será construído em Doha para homenagear os trabalhadores mortos – ou lembrar às pessoas quantos trabalhadores perderam a vida para a realização de um evento.

Memorial da Copa no Catar (1)

O memorial é uma torre feita com módulos de concreto, cada um representado um trabalhador morto. Quanto mais mortes, mais alta será a construção, que só será encerrada após o término das obras da Copa. Se a taxa de mortalidade não for reduzida, o memorial poderá alcançar a impressionante altura de 1500 metros e será disparada a construção mais alta do mundo.

A ideia é parte do projeto de arquitetura espontânea 1 Week 1 Project e é liderado pelos arquitetos Axel de Sampa e Sylvain Macaux. A torre é uma espécie de espiral, com escadas do solo ao terraço, interligando todos os blocos de concreto. São 4 blocos por nível e cada nível possui 2 metros de altura. Com as atuais 400 mortes, a torre chegaria aos 200 metros, mas isso é só o começo.

Parece que a decisão de ter a maior construção do mundo está nas mãos do governo do Catar. Mas as razões desse status atingido não seria motivo de orgulho para país algum.

Memorial da Copa no Catar (3) Memorial da Copa no Catar (4) Memorial da Copa no Catar (5) Memorial da Copa no Catar (6) Memorial da Copa no Catar (7) Memorial da Copa no Catar (8) Memorial da Copa no Catar (2)

Gostou do que viu aqui?

Todo sábado enviamos um e-mail com os artigos da semana. Entre em nossa lista: