COMPARTILHE

chuveiro

Tomar água isso acalma uma pessoa. Essa semana minha vivência por esse mundão me trouxe uma nova experiência: troquei um chuveiro

O último que tinha instalado me prestou seus serviços por mais de dois anos, presente do jornalista Paulo Daniel, muito obrigado.

Primeiro eu me lasquei ao tomar banho numa manhã dessa semana: Imagine você acordar de manhã ou tentar, e tudo o que você precisa é de um bom banho quente para ligar as articulações e, no meio do caminho, o chuveiro se foi, queimou, bailou na curva, e não adianta chamar a mãe, agora só água gelada.

Para agravar o momento lindo das 7h15 da manhã , estava no meio do caminho do banho matinal, com a cabeça ensaboada.

O jeito foi respirar fundo, trancar a respiração, retirar o mais rápido possível do sabão e seguir com a vida, incluindo comprar um chuveiro.

Não compre chuveiro no mercado, vá num lugar especializado em sistemas elétricos ( materiais de construção) é mais barato e você ainda consegue uma consultoria de como montar e instalar o equipamento  sem perigo de perder a vida.

Antes disso encontrei os vizinhos e falei que adiei alguns compromissos para montar um chuveiro, no bate papo pedi uma fita isolante emprestada, que cara de pau! Bom nessas horas de economia e produtividade ninja, temos que otimizar tempo e dinheiro.

Faça o serviço de dia, antes de tudo desligue a energia de sua residência, desligue o disjuntor ( a caixinha de luz da casa), tenho um amigo que quando consome bebida alcoólica os disjuntores da cabeça desligam, o problema é que ele faz isso no meio da balada.

Preste atenção, você vai mexer em luz e não quer tomar um choque, reforço: desligue o disjuntor de luz.

Agora vá até o box do banheiro e desinstale o antigo chuveiro ,use um banquinho, corte os fios e mande para a reciclagem, próximo passo, pegue o seu novo chuveiro, não esqueça da fita veda rosca, aquela que isola a água, coloque no cano e no seu magnífico chuveiro que irá agora esquentar a sua água do banho.

Isole o fio terra, ele está no chuveiro, normalmente ele vem na cor verde , não ligue ele em hipótese alguma, agora junte os fios que sobraram com os fios da sua casa, passe bastante fita isolante, pode ser aquela emprestada do vizinho, muito bem, quase pronto.

Pegue o chuveirinho e instale, como nem tudo é perfeito ao colocar a mangueira você tem a opção de passar fita isolante pra garantir que não ocorra um vazamento.

Terminado este processo, vá para o último passo: o teste, primeiramente ligue a parte hidráulica, ou seja, a água, no meu caso precisei de alguns ajustes , apertei mais os canos, tudo fluindo vá para o teste da luz, ligue os disjuntores do interior da casa, que maravilha banho quente mais uma vez.

Essa semana quis dividir essa felicidade e experiência com os amigos do La Parola, é como voltar à infância, quando eu brincava de montar e desmontar. Ao pessoal dos anos noventa leia-se montar um lego.

Passado o momento “revival” , vale dizer que um bom banho renova uma pessoa, melhor ainda se for de cachoeira. Santé

Siga La Parola:

http://facebook.com/LaParolaOnline
http://twitter.com/LaParolaOnline

Gostou do que viu aqui?

Todo sábado enviamos um e-mail com os artigos da semana. Entre em nossa lista:

Álvaro Henkes

Álvaro Henkes , Brasileiro da colheita de 1985 , jornalista por escolha e formação, nas horas vagas é atleta.

Últimos posts por Álvaro Henkes (exibir todos)

COMPARTILHE