COMPARTILHE

O show que encerrou o Circuito Banco do Brasil no Rio de Janeiro foi irretocável. O Red Hot Chili Peppers com um set list arrasador deixou o público em êxtase por cerca de duas horas ao iniciar sua sessão com o pataço Can’t Stop. O La Parola para não deixa-ló de fora desse grande evento internacional acompanhou o desempenho de Anthony Kiedis, Flea, Chad Smith, Josh Klinghoffer e toda a equipe que organizou o espetáculo do último sábado (10/11) para 40 mil pessoas no Parque dos Atletas, na cidade do Rio de Janeiro.

Ao público foi apresentado um show à parte da iluminação e dos 10 telões que repassavam simultaneamente imagens do show, misturadas com filtros. Para cada canção existia uma interpretação gráfica com imagens projetadas, ampliando o que já era bom e chegando a um nível inimaginável.

Foto: Marcos Hermes
Foto: Marcos Hermes

A boa forma do grupo, que neste ano completou 30 anos de estrada, se dá ao profissionalismo atingido com o amadurecimento dos integrantes. O tempo moldou uma das bandas mais queridas do mundo, o figurino de Kiedis também continua sendo único por apresentação. É visível o comprometimento de toda a equipe do backstage do grupo para que tudo acontecesse dentro do planejado e ensaiado. Um exemplo: o ajuste do som passou imperceptível, ou seja, o volume dos instrumentos estavam muito bem equalizados, nenhum sobrepondo ao outro.

A performance digna do RHCP foi de um show tranquilo, Kiedis de um lado para o outro e Flea voltando ao palco “na parada de mão” durante o bis. Isto revela o cuidado com a integridade física dos integrantes da banda, não tenho dúvida de que a comitiva da turnê no Brasil trouxe profissional da área . No entanto, o fôlego do grupo, agregados a solos de bateria, de contrabaixo e de guitarra concedeu ao show um tom inédito para versões clássicas como Under the Bridge e Californication. A simpatia unicamente de Flea com o público e o motivo do acanhamento dos outros integrantes ocorreu porque o baterista Chad, durante o show em Belo Horizonte (02/11), subiu ao palco vestido com uma camiseta do Flamengo e, posteriormente ao trocar por uma camiseta do Atlético Mineiro, teria passado a camiseta do Mengo nas nádegas, o que gerou vaias e ameaças via redes sociais. A brincadeira não se repetiu no Rio de Janeiro.

Foto: Marcos Hermes
Foto: Marcos Hermes

A estrutura disponibilizada para o evento não perdeu em quesito algum para os DVDS gravados ao vivo fora do país. A briga por um lugar próximo aos ídolos fez com que muitos fãs aguardassem mais de 6 horas no mesmo local para não perder o show. No meu caso a espera de 15 anos para conferir de perto canções como Californication Otherside, encerrou-se neste fim de semana. Como a tendência do mercado da música segue em buscas de novos produtos, os telões do evento já anunciavam a venda via web do show assistido por mais de 40 mil pessoas. Mesmo gravado instantaneamente para as imagens dos telões o produto também já fica pronto na web, basta ter cartão de crédito em mãos e o endereço eletrônico rhcp.com/live.

Foto: Álvaro Henkes
Foto: Álvaro Henkes

Set list do show:

Can’t Stop
Dani California
Otherside
Factory of Faith
Snow
Universally Speaking
I Like Dirt
The Adventure of Rain Dance Maggie
Blood Sugar Sex Magik
Higher Ground
Under The Bridge
Did I Let You Know
Californication
By The Way
Suck My Kiss
Meet Me At The Corner
Give It Away

red hot chili peppers rio de janeiro circuito banco do brasil setlist RHCP
Foto: Álvaro Henkes

Siga La Parola:

http://facebook.com/LaParolaOnline
http://twitter.com/LaParolaOnline

Gostou do que viu aqui?

Todo sábado enviamos um e-mail com os artigos da semana. Entre em nossa lista:

Álvaro Henkes

Álvaro Henkes , Brasileiro da colheita de 1985 , jornalista por escolha e formação, nas horas vagas é atleta.

Últimos posts por Álvaro Henkes (exibir todos)

COMPARTILHE