O Psicodália é uma experiência.

Dizer que é um festival é pouco. Limitar a sua beleza, tanto pelas nuances da fazendo Evaristo, quanto pelo lado utópico de ficar 5 dias desconectados do mundo, que cada detalhe, cada memória, é especial.

Foi com esse pensamento que nos últimos anos o La Parola tenta expandir os modelos de matéria, textos ou métodos jornalísticos, tudo só pra ganhar uma desculpa pra falar um pouquinho mais sobre o reino de Wagner.

E em 2018 não foi diferente. Mesmo com uma edição praticamente off road do festival, a atmosfera foi tão bela quanto os shows.

A galeria de fotos do Dália 2018 está ai, na frente dos seus olhos. Isso é mais do que resgatar momentos, é emoldurá-los e apreciar suas formas.

Todas as fotos são do Gabriel Falcão, eu só tirei as fotos do Aminoácido.

Guilherme Espir

Publicitário em formação, zappamaníaco e escritor de fundo de quintal fissurado em música tal qual um viciado à espera da próxima dose, neste caso aguardando em abstinência para o próximo disco.